Cidades Imperdíveis para conhecer no Inverno Europeu

Quais são as melhores cidades para aproveitar no Inverno europeu? Muitas pessoas questionam se vale a pena viajar para a Europa no inverno.

Considerando as baixíssimas temperaturas que ocorrem lá, que é tão diferente de maior parte do inverno no Brasil, a dúvida é super compreensiva. Há lugares que realmente não é indicado, mas para nossa alegria muitos destinos ficam ainda melhores no inverno, e são esses destinos que vamos compartilhar neste artigo. É inegável o charme do inverno, essa época expira conforto, boa comida, um vinho para acompanhar ou um chocolate quente, se for suíço ainda melhor.  Para os esportistas um leque de esportes de inverno se abrem, as estações de esqui abrem suas portas e são muitas experiências que o inverno proporciona. Sem falar da aurora boreal que costuma aparecer durante o inverno e outono. Escolha um destino abaixo e vá ser feliz no inverno europeu.

O Inverno Europeu

O inverno europeu inicia em em 21 de dezembro e vai até 20 de março, como a Europa está situada no hemisfério norte as estações são contrárias ao Brasil. O inverno em praticamente toda a Europa é mais severo que no Brasil, então não o substime e esteja preparado com roupas e calçados apropriadas para o frio ou adquira-as no destino.

O inverno é considerado baixa temporada em muito lugares, a vantagem é que as passagens, hospedagens e até passeios costumam ser mais baratos. Mas alguns locais ficam mais caros, como os destinos de esqui onde a temporada é aguardada por muitos esportistas e famílias que sonham em usufruir de todo o charme e aconchego desta estação do ano.

Um outro ponto positivo de conhecer alguns destinos da Europa no inverno é conhecer as cidades preparadas para o Natal,  algumas cidades se transformam e fornecem aos seus visitantes uma verdadeira imersão do espírito natalino, são experiências encantadoras.  

Fique atento às suas expectativas quanto aos passeios do destino, o inverno da mesma forma que proporciona novas opções como snowboard, patinação e esqui também também impossibilitar passeios ao ar livre como escaladas e trekkings. Outro item a ser pesquisado antes de definir o seu destino é a quantidade de luz do sol tem no destino no inverno, a Islândia por exemplo tem de 4 a 6 horas de luz no dia no inverno.

Granada – Espanha

Granada consegue ficar ainda mais encantadora no inverno, junte paisagens nevadas lindas com o cheirinhos dos churros com chocolate ou das castanhas assadas e você vai ter uma cidade propícia para se aconchegar no inverno.

Granada - Espanha no Inverno
Pcarbone Freelance Photographer [CC BY 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by/3.0)]

A cidade de Andaluz vibra com seus flamencos clássicos e sua gastronomia excelente. No inverno com os mercados de Natal, deixa a cidade totalmente natalina. Não deixe de visitar o Mercadillo de Navidad e apreciar todas os detalhes natalinos. Tradicionalmente a cidade tem milhares de luzes iluminando as fachadas e ruas, outra tradição é visitar os Belenes de Natal que são presépios grandes, o cuidado e empenho nos detalhes dos presépios beiram a perfeição.

Mas não podemos falar de Granada no inverno sem citar as montanhas de Sierra Nevada, que é a grande atração da cidade nesta época do ano e não é por menos, essa é a melhor pista de esqui da Espanha e o complexo de esqui mais meridional da Europa. Sierra Nevada está localizada a apenas 21 km a sudeste de Granada, sim você pode visitar a praia e um pista de esqui no mesmo dia, isso é o que nós chamamos de posição geográfica privilegiada.

Sierra Nevada possui cerca de 2.500 hectares de terreno para esqui, tem a maior queda vertical de esqui da Espanha e uma estrutura completa para a prática de esportes de inverno, com opções para todos os níveis de esportistas, do iniciante ao especialista.  Tudo isso, alinhado a beleza do lugar, atrai muitos turistas no frio europeu.

Reserve aqui as melhores opções de hotéis em Granada.

Courchevel – França

Considerada uma das estações de esqui mais charmosas da Europa, Courcheval está localizada nos picos dos alpes franceses à apenas 140 km do aeroporto de Genebra na Suíça.

Courchevel - França no Inverno
WASD42 [CC BY 2.0 (https://creativecommons.org/licenses/by/2.0)]

Courcheval possui a maior área esquiável do mundo, é formada pelas cidades de Courchevel 1300 (Le Praz), Courchevel 1550, Courchevel 1650 (Moriond) e Courchevel 1850. Os nomes das cidades são devido às suas altitudes em metros. A temporada de esqui é aguardada por muitos esportistas e viajantes, ela começa em dezembro e vai até abril.

No local estão alguns dos resorts de esquis mais luxuosos e vem surpreendendo os hóspedes a cada temporada. Muito mais que apenas hospedagens, as experîencias que os hotéis oferecem a seus hóspedes são únicas. Porém, apesar de ser conhecido por ser um destino luxuoso, já que é destino das férias da família real britânica e de badalados artistas, a cidade possui opções de hospedagem para todos os tipos de viajantes.

A cidade tem várias opções gastronômicas, sendo que possui em sua rede de restaurantes dois com estrelas Michelin.

Vai viajar? Então aproveite para contratar seu Seguro Viagem com 25% de Desconto! Clicando aqui.

Cortina d’ampezzo Dolomitas – Itália

Um dos melhores destinos para esquiar na Itália a região de Dolomitas é composta por várias cidades, ficam nos Alpes Orientais e são Patrimônios Mundiais da Unesco. As Dolomitas é um destino tanto para o verão quanto para o inverno, a cadeia de montanhas possui paisagens surreais, são três regiões Trentino Alto Adige, Veneto e Friuli Venezia Giulia e 5 provinciais que somam uma área de 141.903 hectares.

Cortina D’Ampezzo é considerada a rainha de Dolomitas e um destino perfeito para os mais variados esportes de inverno, como patinação, hóquei, esqui e snowboard. Passear pela cidade também é uma excelente atração, Cortina tem uma arquitetura charmosa, restaurantes e cafés deliciosos, lojinhas de artesanato e marcas, sua rede hoteleira é excelente e oferece diferentes opções para seus visitantes.

Selecionei as melhores opções de hotéis em Cortina D’Ampezzo

Booking.com

Rovaniemi – Finlândia

A terra do papai noel e do polo norte também é um destino para ver a aurora boreal, se isso não faz um destino especial, nós não sabemos o que faz. Rovaniemi é um destino de inverno perfeito, a estação combina totalmente com o ambiente e são tantas atrações para fazer na cidade que reserve pelo menos uns 4 dias.  O inverno por lá é rigoroso, chega fácil em -18 ºC, então se prepare com roupas quentinhas propícias para neve e muito frio, assim poderá aproveitar toda a beleza do local.

Rovaniemi tem atrações de aventura, como o Safári no Ártico que envolve trenó na neve com Huskies, uma tradição da Lapônia, passeio de moto de neve e visita à uma fazenda de renas, sim tem muitas renas em Rovaniemi, afinal é a terra do papai noel né? Não se esqueça de fazer o seguro viagem para viajar e aproveitar todas essas atrações na neve tranquilo, clique aqui para fazer sua cotação.

Além das opções radicais, conhecer a casa do Papai Noel também é outra grande atração da cidade, além de poder registrar o momento em que você cruza o ártico da Finlândia, uma passeio para todas as idades.

E uma das atrações que atrai milhares de viajantes todo ano é a aurora boreal, ver ela não é algo fácil e depende de vários fatores naturais, então a regra de ouro é não se irrite se não sair conforme o planejado. Você pode ver a aurora boreal contratando um dos vários tours disponíveis para te levar no lugar e prestar assistência ou pode ir sozinho em direção às luzes, não temos dúvida que se você conseguir ver a aurora boreal vai ser uma das experiências mais mágicas de sua vida.  

Interlaken – Suíça

Pensa em inverno na Europa é pensar nos alpes suíços e no delicioso chocolate quente suíço, na vista das montanhas nevadas. Interlaken é uma típica e charmosa vila suíça, daquelas que possuem os chalés de madeira, com grandes lareiras e confortáveis mantas nos sofás. Ela ainda fica no meio de dois lagos nos Alpes Suíços, e você pode explorá-lo de caiaque, imagina o visual.

A cidade possui uma ótima rede hoteleira com diferentes níveis de preços, mesmo assim não espere encontrar opções muito baratas, Suíça né? Em contrapartida, espere uma ótima estrutura de transporte, você pode chegar na cidade pela rodovia ou por trem, que fornece belíssimas paisagens no caminho. No inverno as montanhas ficam branquinhas e a temporada de esqui abre, com opções para todos os níveis de esportistas. Você pode esquiar na famosa montanha de Jungfrau e outras da região, um estrutura completa com estradas, bondes aéreos, teleféricos aguardam os atletas para levá-los em até 200 quilômetros de pista de esqui.

Os melhores hotéis da Suíça:

Booking.com

Colônia – Alemanha

Thomas Wolf, www.foto-tw.de [CC BY-SA 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)]

Um dos natais mais famosos da Europa, Colônia entra nesta lista justamente por ser um destino natalino lindo. A cidade entra totalmente no espírito da festa e seus mercados natalinos são exportados para a Europa toda. Pela cidade são montados estes mercados com muita comida, música, bebida e decoração natalina, o único fato negativo é que no dia 24/12 tudo é desmontado.

Colônia é uma cidade pequena e histórica, cheia de catedrais lindas, incluindo a mais alta da Alemanha, onde a visitação é gratuita. Outras atrações são: o Museu do Chocolate, O Museu dos Judeus e o passeio pelo rio Reno.

Reykjavík – Islândia

Reykjavík é a capital da Islândia e concentra a maior população do país, tudo isso sem deixar de ser uma cidade fofa com ares de interior. Nós só indicamos conhecer ela no inverno pois é a época mais provável de ver o aurora boreal, a cidade não é só isso mas é inegável que essa é a sua principal atração. Afinal, é difícil competir com a aurora boreal, não é mesmo?

A Islândia é a capital mais setentrional do mundo, sua localização atípica faz com que no verão ela receba 24 horas de luz do sol, e no inverno fica em média 4 e 5 horas, leve isso em consideração quando for planejar a sua viagem. A cidade faz frio o ano todo, mas esteja preparado para temperaturas negativas no inverno, no inverno ela fica toda branquinha da neve, um charme.

A Islândia possui paisagens e belezas naturais deslumbrantes, existem centenas de ofertas de passeios, excursões e tours privados para conhecê-las.

Aurora Boreal na Islândia
Vincent Guth vingtcent [CC0]

Os passeios mais famosos são para ver a aurora boreal, as luzes do norte, quanto mais afastado das luzes da cidade mais nítido você vai ver a aurora boreal, lembre-se que para ela acontecer envolve vários fatores e ninguém consegue dar 100% de garantia, mas quer saber? Vale a pena o risco pois se ver ela vai ser no mínimo emocionante.

O Círculo Dourado é outro passeio tradicional, ele passa por três pontos turísticos da Islândia, o Thingvellir é um parque nacional de grande importância histórica, o grande Vale Geotérmico Haukadalur com fontes de água brotando da terra e o Gullfoss a cachoeira dourada, uma imensa cachoeira, linda.

Além do Círculo Dourado, outro ponto imperdível é a Blue Lagoon, um grande spa com piscinas de águas termais de um coloração azul bebê que é impossível não se surpreender, o visual da Blue Lagoon é único. A Islândia também é um destino para aproveitar a neve, as modalidades mais praticadas são: o esqui alpino, snowboard, esqui cross-country e esqui off-trail.

“>A Islândia é um país perfeito para alugar um carro e desbravar, reserve seu carro aqui

Esta convencido?

As paisagens são deslumbrantes, são várias opções e talvez uma forma diferente de ver os destinos que você já conhece em outra estação. Para quem sonha em ver a Aurora Boreal é a época perfeita, assim como para os esportes de inverno. Não se esqueça que na Europa é obrigatório o Seguro Viagem e não deixe de acrescentar a prática de esportes de inverno no seu seguro, clique aqui e aproveite o nosso desconto.

Esses são alguns dos destinos, mas não são os únicos, além deles também existem  alguns mais clássicos que são ótimas opções como Londres, Paris, Zurique e Viena.  

Comments

Comentários

Post a Comment

Mirella e Romulo compartilham suas experiências de viagem e trabalho enquanto vivem pelo mundo.

Siga o Travel and Share